Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Cuidado: conheça os 5 principais golpes on-line no isolamento social

0

Nesse momento de dificuldade pelo qual estamos passando, em virtude do novo coronavírus, precisamos estar permanentemente alertas e com cuidados redobrados com criminosos que se aproveitam dessa situação. Realmente, é inadmissível que pessoas de má-fé usem uma crise grave para lesar as pessoas, mas isso acontece diariamente. Pensando nisso, vamos falar sobre os 5 principais golpes on-line que acontecem na atualidade. Saiba mais.

É provável que você também goste:

App Caixa Tem não funciona? Saiba como resolver o erro da tela branca

Cuidado: conheça os 5 principais golpes on-line no isolamento social

Golpe do WhatsApp Clonado

Nesta modalidade de golpe, os criminosos invadem o WhatsApp das vítimas para conversar com amigos e familiares com o objetivo de pedir dinheiro emprestado. Entretanto, para cometer o crime, os autores utilizam um código gerado pelo próprio WhatsApp para “furtar” a conta. Durante o processo padrão de ativação do aplicativo, é necessário inserir seis números que são enviados via SMS para o número do telefone que será cadastrado para uso.

Dessa forma, a abordagem e o pedido dos códigos podem ser feitos de várias maneiras. Os criminosos costumam se passar por vendedores e pedem os números para validar uma compra ou ainda utilizam perfis fakes para falar que enviou a senha para o celular sem querer e pede que a encaminhe novamente.

Enfim, na maioria das vezes as vítimas são idosos, mas pessoas de diversas idades podem cair no golpe, e em um momento de distração, fornecem o código de seis dígitos são enviados via SMS para o criminoso. Depois disso acontecer, o prejuízo pode ser grande.

Golpe do Bolsa Família

Um dos golpes on-line mais recentes na atualidade, procura enganar pessoas que recebem o Bolsa Família por meio do repasse de uma informação falsa. Essa informação, refere-se ao fato de que essas pessoas poderiam receber um vale com R$ 350,00 para a compra de material escolar.

A mensagem encaminhada possui o seguinte texto:

“BOLSA ESCOLA 2020: Quem tem Bolsa Família o Governo Federal está dando um bônus de até R$350,00 para comprar material escolar 2020. Confira se você tem direito ao benefício”.

Ao final do texto, o usuário clica em um link que o redireciona para outra página, onde o golpe é aplicado.

Nesta página as pessoas são levadas a responder três perguntas:

  • “Você já tem o Bolsa Família?”;
  • “Você está com seu cadastro em dia?” ;
  • “Possui cartão cidadão para realizar o saque do benefício?”.

Posteriormente, a vítima tecla em confirma para receber o benefício que jamais vai receber. Adicionalmente, cabe ressaltar que o usuário é ludibriado para compartilhar o link fraudulento com outras pessoas, na expectativa de ter acesso ao falso benefício.

Golpe do Auxílio Emergencial

Primeiramente, como se não bastassem todos os golpes anteriores, fraudadores estão se aproveitando da pandemia do coronavírus para roubar dados dos cidadãos por meio do envio de links falsos, informa o Procon.SP. Com o início do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 concedido pelo Governo Federal aos trabalhadores autônomos e informais, é preciso ficar atento ao envio destes links.

Enfim, ao receber e clicar no link do golpe do auxílio emergencial, normalmente enviado por WhatsApp ou outra rede social, o usuário é direcionado a uma página em que são feitas algumas perguntas, como por exemplo: “Você recebe Bolsa Família?”; “Você é autônomo?; “Você quer receber o auxílio?”.

Tudo isso é feito para dar mais veracidade ao golpe. Por fim, para ter acesso ao falso benefício, a pessoa deve compartilhar o link com seus contatos e grupos. Após isso, ela é direcionada a uma página solicitando seus dados pessoais.

Golpe do saque do FGTS

O saque do FGTS que recentemente foi anunciado pelo governo federal, e que permite a retirada de parte do saldo de contas ativas ou inativas e visa minimizar os efeitos econômicos da pandemia, também deve ser motivo de atenção.

A Caixa Econômica Federal deu algumas dicas de segurança para evitar cair em golpes que envolvam o saque do FGTS:

Primeiramente, evite fornecer a senha ou número do Cartão Cidadão, pois golpistas procuram entrar em contato com os clientes se passando por empregados das centrais de cartões ou do banco, para obter informações e, assim, aplicar golpes.

Não acesse links em nome da Caixa, pois o banco não envia links por e-mail, SMS ou WhatsApp. “Se você receber mensagens desse tipo, desconfie”.

Não faça pré-cadastro para saque do FGTS. Golpistas têm se passado pela Caixa no WhatsApp. Não responda. Em caso de dúvida, procure os canais oficiais do banco.

A área de segurança da Caixa mantém ainda, uma página atualizada com dicas e informações sobre os principais golpes praticados pelos fraudadores.

O banco alerta que não envia mensagens sobre saques das contas vinculada FGTS; não solicita senhas, dados ou informações pessoais do trabalhador; não pede confirmação de dispositivo ou ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Golpe contra beneficiário do INSS

Todos os anos, surgem mais golpes, e relacionados aos aposentados e pensionistas do INSS isso não é diferente. O golpe que tem sido mais aplicado neste momento é feito por telefone e se destina ao recolhimento de dados pessoais dos beneficiários. Esses dados são utilizados para o desvio da verba previdenciária ou, ainda, para a emissão de cartões e obtenção de empréstimos.

O golpe consiste na ligação de uma pessoa que se identifica como servidora do INSS e oferece o “Cartão novo de vida”, que seria utilizado para a prova de vida do cidadão, essencial à manutenção do benefício.

Geralmente o criminoso informa alguns dados do segurado, passando-se por funcionário do órgão previdenciário. Daí requer a informação de outros dados, em geral concernentes ao RG e CPF do cidadão.

Isso é feito sob a promessa de que o segurado receberá o referido cartão. Contudo, os dados são recolhidos e usados para fins ilegais.

Confira aqui neste artigo, os 7 golpes mais comuns, praticados contra beneficiários do INSS.

Dicas para evitar cair em golpes on-line

Independente do golpe, ao tomar um pouco mais de cuidado, você evita ser mais uma vítima nas estatísticas. Portanto, é fundamental ficar atento às orientações descritas logo a seguir para evitar mais problemas:

  • Para obter informações e pedir o auxílio emergencial, acesse os sites oficiais (Governo Federal e Caixa Econômica Federal);
  • Sobre o saque do FGTS, dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS e pelo site da Caixa;
  • Jamais acredite em ofertas de ajuda, auxílio, dinheiro etc enviadas pelo WhatsApp, redes sociais, e-mails e não clique nesses links;
  • Não confie e não compartilhe links e informações dos quais não tenha certeza da origem;
  • Simplesmente não preencha formulários que não estejam nos sites oficiais;
  • Baixe aplicativos apenas das lojas oficiais;
  • Em caso de dúvidas ou dificuldades, procure um familiar ou amigo que possa ajudar;
  • Utilize antivírus no computador, tablet e smartphone.

Enfim, gostou da matéria sobre golpes on-line?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

imagem: Tero Vesalainen via shutterstock

Comentários
Carregando...