Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Alerta: Há golpes financeiros antigos replicados no Pix, diz Banco Central

BC adverte que não tem relação direta com o descuido de quem cai em golpes financeiros antigos.

0

Tome cuidado: o Banco Central (BC) afirmou nesta última sexta-feira (30), que golpes financeiros antigos ocorreram através do Pix, por conta da manipulação de contextos sociais. Dessa forma, o BC tira de si a responsabilidade por qualquer eventual falha de segurança. Inclusive, lançou a campanha “O Pix é novo, mas os golpes são antigos”.

É provável que você goste também

Como liberar o Caixa Tem bloqueado nas agências lotéricas da Caixa?

Cuidado: 4 golpes do Pix têm roubado milhões de consumidores desavisados

Banco do Brasil dá dicas para não cair no golpe da venda falsa

Alerta: Há golpes financeiros antigos replicados no Pix, diz Banco Central

De acordo com o Banco Central, cabe ao brasileiro ter cuidado e não cair em golpes financeiros antigos. “Em situações de medo ou ganância, pare e pense no contexto e se faz sentido. Então, tome domínio da situação”, afirmou o chefe-adjunto do Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central, Carlos Eduardo Brandt.

O Pix é apenas um meio de pagamento, que não tem relação direta com o descuido de quem cai em golpes financeiros antigos. Dentre os principais tipos de golpes, está a solicitação de dinheiro através de mensagem de aplicativo clonado, tais como WhatsApp e Telegram.

Além disso, SMS, e-mail bem como ligações solicitando atualização de cadastros com links para páginas falsas. E por fim, lojas virtuais falsas que nunca enviam os produtos comprados, compõem os principais golpes financeiros antigos. 

Em todas as essas situações, o Pix é mais seguro que os métodos tradicionais de transferências. Isso porque, a ferramenta conta com as informações do receptor do pagamento, tais como nome completo, CPF ou CNPJ. 

Dicas simples para não cair em golpe

No caso de clonagem de aplicativos, é importante telefonar para pessoa, confirmando a solicitação de dinheiro, antes de sair entregando o dinheiro. Já com relação às atualizações cadastrais, o cliente não deve clicar em links enviados, e sim, ligar para a instituição financeira para perguntar se os dados bancários estão em dia. 

Por fim, no que diz respeito às lojas virtuais falsas, o cidadão deve observar o endereço da página, e ver se há alguma letra trocada, bem como desconfiar de produtos e serviços com condições super vantajosas. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

imagens: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com

Comentários
Carregando...