Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo quer liberar até R$ 1000 no Caixa Tem para quem ganha Bolsa Família

0

Em um de seus movimentos mais recentes, o Governo Federal avalia criar um programa de microcrédito para quem recebe o Bolsa Família. Dessa forma, empréstimos de R$ 500 até R$ 1.000 serviriam para quem se encaixasse nos critérios. A medida busca suprir a demanda de apoio criada com o término do auxílio emergencial ainda em 2020.

Assim, o governo tem estudado outras medidas para tentar apoiar essa camada mais pobre, como auxílio-creche de R$ 52 por mês e prêmios de até R$ 1.000 a bons alunos de escolas públicas. No entanto, quanto ao microcrédito para quem tem Bolsa Família, o governo ainda não sabe se o dinheiro dos empréstimos terá origem em recursos orçamentárias da União ou da Caixa.

É provável que você também goste:

Novo salário mínimo em 2021 aumenta aposentadorias, seguro-desemprego e PIS

BB Digital e Nubank ganham o título de melhor Banco Digital do Brasil.

Será que ainda vale a pena assinar Nubank Rewards?

TUDO o que você precisa saber sobre cartão de crédito

Entenda como funciona o microcrédito para quem tem o Bolsa Família

Inicialmente, o orçamento do programa não deve superar os R$ 2 bilhões. De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, a ideia do banco é transformar o Caixa Tem em um banco digital, fazendo uma oferta inicial de ações (leia mais sobre isso aqui). Assim, entre os produtos que a Caixa quer oferecer aos correntistas, está também o microcrédito, com empréstimos de até R$ 1.000.

Dessa forma, se o governo optar por direcionar recursos do orçamento para o programa, a ideia é que um novo fundo seja estruturado, e deve ser feito com base do fundo criado para o Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte).

Ministério da Cidadania já oferece microcrédito

Por fim, os inscritos no Cadastro Único e beneficiários do Bolsa Família já tem a possibilidade de acesso a um microcrédito orientado por meio do programa Progredir. Além disso, com o programa, os beneficiários também poderiam fazer cursos gratuitos de capacitação profissional.

Contudo, o Ministério da Cidadania avalia que o nível de adesão, tanto aos cursos quanto ao microcrédito, ainda é baixo. Afinal, os participantes do Cadastro Único e os beneficiários do Bolsa Família não encontraram incentivos para se capacitar. Além disso, os bancos parceiros do programa de microcrédito não recebem demandas dos participantes ou mesmo outros incentivos para oferecer os empréstimos.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Brenda Rocha / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...