Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

O que é cheque sem fundos e as consequências desta prática

Entenda mais sobre cheques sem fundos e as consequências deles na sua reputação financeira

0

O cheque já foi o queridinho das operações comerciais e serviços em todo o Brasil, e no passado ele já foi utilizado em massa pela população. Porém, o tempo passou, a tecnologia evoluiu e o talão é muito menos usado, mas ainda gera muita dor de cabeça.

É provável que você goste também:

Banco Original inicia parceria com Google Cloud de olho no Open Banking

Empréstimo com imóveis como garantia disparam no Brasil

Apesar do avanço da bancarização, a digitalização segue atrasada

Divulgada em março de 2021, a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), afirma que 67,3% das famílias brasileiras estão endividadas.

Além do grande aumento na dívida do cartão de crédito, houve um crescimento de 1,6% nas dívida do cheque pré-datado. Isso que dizer que cerca de 700 mil famílias brasileiras possuem dívida que estão relacionadas a cheques sem fundos.

O que é um cheque sem fundos?

Um cheque se trata de um documento através do qual, o titular da conta emite uma ordem de pagamento junto ao seu banco. Nesse caso, a pessoa que receber o papel assinado poderá sacar a quantia junto ao banco.

Porém, o cheque sem fundos acontece quando o recebedor tenta compensar através de depósito em conta corrente, ou vai no banco no dia de solicitar a compensação e não há fundos para o saque.

Dessa forma, o pagador possui um bloco com várias folhas, já com os dados bancário do pagador. Nele, você pode destacá-las e escrever os dados do recebedor. Quando acontece isso, de a pessoa ir retirar e não haver fundos para saque, chamamos de cheque sem fundos, onde o mesmo é devolvido.

O que acontece se houver um cheque sem fundos? 

O recebedor ainda poderá tentar, por mais uma vez, sacar o dinheiro. Caso não haja fundos novamente, o nome do pagador é enviado diretamente para o Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF).

Esse registro é mantido pelo Banco Central, onde qualquer banco ou instituição financeira pode pesquisar o nome dessa pessoa.

O credor que tem o seu nome incluído no CCF fica com várias dificuldades. Além de ser impedido de conseguir novos talões, ficando impossibilitado, até mesmo, de conseguir crédito na praça.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

imagem: Andrey_Popov / shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...