Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Clientes do Banco do Brasil poderão fazer investimentos em criptomoedas

As criptomoedas poderão ser acessadas se investidas no fundo criado pela HashDex. Confira:

0

Os clientes da HashDex, uma fintech especialista em ativos, receberam uma carta da empresa. O assunto é sobre o primeiro Exchange Traded Funds (ETF) – ou seja, fundos para investir – das criptomoedas do Brasil.

O Banco do Brasil aderiu à emissão do Exchange Traded Funds, que teve sua estreia adiada para 26 de abril. A condição é de possuir um participante especial e distribuidor.

Assim como os bancos Itaú, Genial e BTG Pactual, os clientes do Banco do Brasil poderão ter acesso às criptomoedas ao investirem no fundo criado pela fintech.

A princípio, o Nashdaq Crypto Index (NCI), desenvolvido em uma parceria entre a HashDex e a bolsa americana, será replicado pelo Exchange Traded Funds. A sua composição de criptomoedas é constituída por Bitcoin, Stellar, Litecoin, Bitcoin Cash e Chainlink.

Com base no que foi enviado aos clientes, os pedidos de subscrição de cotas podem ser realizados a partir de hoje, dia 16/04, até o dia 20/04, na próxima terça-feira. A operação irá ser liquidada no dia 22 de abril.

O objetivo de lançar o fundo de investimento é de trazer esse avanço para o Brasil.

É provável que você goste também:

Itaú Unibanco lança saque em dólar e Euro no Banco24Horas

Mooba x Nubank: Qual é o melhor cartão de crédito?

Crédito 1 Minuto do Banco Banrisul: saiba o que é e como contratar

Existem restrições impostas para investidores da área de criptomoedas?

O pequeno investidor é restrito, pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ao acesso em produtos com risco e retornos altos. O motivo das restrições é para proteger o pequeno investidor.

Em contrapartida, os investidores profissionais, que possuem mais de R$ 10 milhões no mercado financeiro, possuem acesso ao HashDex 100.

Também existem fundos restritos apenas para os investidores qualificados, ou seja, que possuem mais de R$ 1 milhão investido.

O Banco do Brasil veio para ajudar revolucionar esse mercado e, com ele, os correntistas terão acesso ao fundo criado pela HashDex, o que ajudará a movimentar a indústria de criptomoedas no país.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Wit Olszewski / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...